Workshop de CNV – Comunicação Não-violenta

Dia 28 de setembro, vou promover uma manhã de brincadeiras para jogar GROK, um baralho de cartas de sentimentos e necessidades. Ideal para se autoconhecer e aprender ferramentas para iniciar conversas significativas com seus filhos, parceiro(a), pacientes, colegas de trabalho etc. Oportunidade para praticar escuta ativa, treinar maneiras de falar de seus sentimentos e necessidades e experimentar dar e oferecer empatia. Venha ou divulgue para os amigos e me apoie a incrementar o meu conhecimento.

https://www.cnvkonekti.com/vivenciagrok

O que é o Grok?

O GROK é um jogo de cartas baseado na Comunicação Não-Violenta para ajudar a conectar-se consigo mesmo e com os outros, apoiando também a resolução de conflitos. Aqui quem ganha é a EMPATIA! São 75 cartas de sentimentos e 75 cartas de necessidades e muitas maneiras diferentes de jogar, profundas e divertidas!

Como iremos praticar?

Vamos jogar o Grok de diferentes maneiras! E cada jogo tem um objetivo próprio. O mais importante é que após cada rodada, refletimos e compartilhamos em grupo, os insights e aprendizados de cada participante. Assim, amplificamos nosso aprendizado sobre a CNV!

Estes são alguns dos objetivos das diferentes maneiras de jogar que praticamos:

Estes são alguns dos objetivos das diferentes maneiras de jogar que praticamos:

  • Identificação de sentimentos e necessidades ao escutar o outro
  • Oferecendo e recebendo Empatia em situações de conflito
  • Criando novas estratégias para atender nossas necessidades
  • Apoiando o outro a descobrir suas necessidades por trás da fala

Formada em em Jornalismo pela PUCSP, Pós-Graduada em Comunicação Científica pela UNICAMP e Gestão de Tecnologias de Controle do Meio Ambiente pela FAAP. Estuda fluxonomia e futuros desejáveis com Lala Dehenzelin. É gestora de projetos de comunicação em temas relacionados a qualidade de vida. Faz parte do grupo de estudos i-Context: Inovação, Cocriação, Experiência e Território, linha Comunicação Não-Violenta, na Universidade Federal de São Carlos. Com a comunicação como instrumento de trabalho, começou sua jornada no setor de educação e dedicou-se a projetos corporativos para a área de gestão do meio ambiente. Há cerca de 10 anos, conheceu o yoga e a meditação. Iniciou seus estudos em docência em Yoga com Andre DeRose Yoga. Desde então, estuda temas de autoconhecimento, liderança, gestão de conflitos e práticas como Yoga do Riso, Yoga dos Bichos. Facilitou vivências de comunicação não-violenta em espaços de yoga, instituições de ensino, retiros em meio à natureza e SESC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo