Comparando o ser humano a um computador, conseguimos entender o que é a nossa alma, a essência que ela carrega e assim conseguimos entender também o princípio da inteligência espiritual.

Pense que o nosso corpo é a estrutura do computador, o esqueleto do computador. Já os nossos órgãos, compõem o hardware do computador, sendo que o cérebro é o processador e a placa mãe é o coração, faz sentido?

Contudo, para que o computador funcione, falta o software, o que dá a vida e as características próprias do computador. Essa é a nossa alma, ela carrega a nossa essência, que por sua vês é composta pela nossa personalidade, nosso temperamento, nossos valores, propósitos, talentos… Tudo aquilo que não faz parte do nosso corpo físico (hardware), mas que também vem de fábrica e podemos fazer um update com o passar do tempo.

Assim como no mundo da computação, aonde cada sistema operacional tem sua peculiaridade, a alma é assim, cada uma carrega uma essência diferente.

O Mac tem suas vantagens e desvantagens assim como o Windows, mas são suas diferenças que tornam a coisa interessante, pois possibilitam que o usuário escolha o sistema que mais se assemelha a ele.

Outra coisa que é similar nesses dois mundos, são os programas instalados de acordo com as nossas necessidades, e esses dizem muito sobre a gente. Por exemplo, se abrimos um computador e encontrarmos programas como o Auto-Cad, e o Photoshop, podemos chutar que o computador é de um de um arquiteto, um projetista, ou um profissional de design, mas uma coisa é certa, se trata de uma pessoa que tem habilidades espaciais, artísticas e gosta de criar. Agora se acharmos um Ableton e um Tracktor; com certeza esse cara é um DJ, ou produtor musical e é claro, tem um ouvido apurado, habilidades artísticas e também gosta de criar.

Quando falamos da nossa vida, os programas são os cursos, faculdades, amigos, companheiros, enfim, tudo aquilo que transmite conteúdo e nós escolhemos consumir.  O interessante é que assim como nos computadores, temos que tomar muito cuidado, pois dependendo do conteúdo e da sua procedência, também ficamos susceptíveis a pegar os vírus lançados por pessoas mal-intencionadas, que querem tirar proveito de nós ou simplesmente nos prejudicar.

Por isso Ative os Firewalls e Antivírus da sua alma, medite, reze, desenvolva sempre a sua inteligência emocional, consuma conteúdos positivos, de boa procedência e para reforçar a proteção, escanei seu sistema com frequência deixando a varredura automática ativada, afinal o lixo está por toda parte e precisa ser deletado.

Por fim, o intuído dessa comparação é mostrar que assim como nos computadores, temos que cuidar desse nosso software que se chama alma. Exercite-a primeiramente com autoconhecimento, conheça suas forças e fraquezas. Depois através da moralidade, viva seu propósito, nunca contrarie seus valores, seja grato pelo que é, pelo que tem e ame sem limites, a você e ao seu próximo incluindo a natureza e todos os seus filhos.

E para quem não sabia, ter inteligência espiritual é saber exercitar todas essas coisas, ou seja, cuidar da sua alma. Dito isso mais uma vez reforço: “Lembre-se de cuidar do seu software e não só do seu hardware!”

No mais, acho que esses argumentos foram suficientes para dizer que o Alan Turing, o Bill Gates e O Steve Jobs se inspiraram no ser humano, para fazer seus grandes feitos.

Gratidão!

 Felipe Melo Shigueru

Palestrante | Coach Ikigai | Terapeuta

@Despertesuaalma | Despertesuaalma.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *